Como comprar passagens mais baratas dentro do EUA

 

Acho que o grande truque aqui é não depender dos sites brasileiros para fazer a reserva das passagens. E isso, por um simples motivo: Eles cobram uma taxa pelo serviço, que no meu caso, quando estava fazendo pesquisas, chegou a R$200.

Assim, a saída é você comprar direto dentro dos sites americanos. Uma tática que eu gosto de usar é pesquisar nos sites brasileiros, ver em qual companhia aérea eles conseguiram o menor preço e ir direto no site da empresa americana. A maioria delas oferece páginas em português e mostram os valores em BRL (Reais).

Olha a comparação entre dois vôos de Miami para Nova York, na mesma data. Os dois pela United Airlines. O primeiro, cotado pela SubmarinoViagens, coloca R$200 de encargos e carrega um pouco na taxa de embarque. E olha que eu nem pesquisei direito. Só peguei o primeiro resultado que apareceu!!!

 

 

Só nessa pesquisa, a diferença é de R$ 159,11 no mesmo serviço e acredito que dá para fazer essa diferença ser de quase R$200 se você utilizar serviços como o priceline.com, mas como o priceline em inglês, compreendo que isso pode assustar aqueles que não dominam muito o idioma. De qualquer forma, no Priceline ele arrumou passagem pela US Airways por U$139,50 (ou R$320,85 + 6,38% de iof=R$341). A economia já está em R$180. Como comentei, esses foram resultados de uma pesquisa bem rápida, sem se aprofundar em detalhes de datas e promoções, o que pode fazer uma grande diferença. É só o básico, mas muita gente não faz esse básico.

Bom gente. É isso. Espero que o texto seja de utilidade.

Se você tiver alguma dica sobre como comprar passagens aéreas nos EUA pagando menos, por favor deixe suas dicas abaixo!

Abraços

Luciano

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *